logo cnh5

José Silva lidera o Campeonato de Pesca Desportiva Costeira do CNH 2017 – 4ª Prova está marcada para este domingo, dia 30

1 prova pesca costa 2017 5Castelo Branco ou Laginha serão os palcos possíveis para o desenrolar da 4ª Prova do Campeonato de Pesca Desportiva de Costa do Clube Naval da Horta (CNH) neste ano de 2017. São esperados cerca de 10 participantes para esta competição, que decorrerá entre as 8 e as 12 horas do próximo domingo, dia 30. A concentração está marcada para as 7 horas da manhã e a pesagem será feita no local onde se der a concentração.

Em termos de pontuação, a estrela será o Peixe-Rei (Torcida, Lambaz, Rainha, Garoupa, Bodião, Castanheta e Veja).

Carlos Medeiros, Director da Secção de Pesca Desportiva Costeira do CNH, refere que “o Campeonato está a decorrer bem” e que “há sempre convívio a seguir às provas”. Como sinal de reconhecimento e apoio, o Clube disponibiliza uma sandes mista e uma garrafa de água a cada participante antes da prova e, no fim, após a pesagem, há sempre uma amena cavaqueira regada com cerveja. Embora todos participem com o intuito de ganhar, a verdade é que estes pescadores, além de competidores, “são também amigos”.

Sendo um profissional, Carlos Medeiros é não só Dirigente como também veste a camisola de participante. Fazendo juz à sua reputação, adianta ao Gabinete de Imprensa do Clube que “é necessário preparar a prova”, garantindo que “o melhor isco para o Peixe-Rei é a minhoca”. E ele tem uma relação peculiar com este tipo de isco, pois enquanto alguns viram e reviram o calhau à procura da minhoca, Carlos Medeiros sabe bem onde ela se esconde e, muitas vezes, depois de já ter quantidade suficiente para as suas pescarias, ainda se dá ao luxo de apanhar também para os amigos.

Este Campeonato é composto por 6 provas, das quais serão apuradas as 5 melhores com o intuito de se encontrar o vencedor final. Para já, o líder é José Silva, um pescador com décadas de experiência.

Carlos Medeiros explica que foi entendimento geral serem contabilizadas as 5 melhores prestações de cada um dos participantes, dando-se a possibilidade de todos puderem, pelas mais diferentes razões, faltar a uma prova mas continuarem em igualdade de circunstâncias em termos classificativos. Quem primar pela assiduidade, tem a vantagem de poder escolher as pescarias que tiverem corrido melhor.

Juliana Nóbrega, antiga Dirigente e veterana destas lides, também integra o grupo e, embora razões de força maior a tenham impedido de pontuar esta época, é sempre aguardada e elogiada como elemento experiente e animado. Uma pescadora de peso num universo dominado por eles, os pescadores.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.