Les Sables - Les Açores 2018: Vencedor da primeira etapa da regata internacional chega à Horta com quase 24 horas de avanço sobre a concorrência

O velejador francês François Jambou, com o veleiro Team BFR Marée Haute, venceu esta terça-feira, 31 de julho, na Horta, a primeira etapa da edição de 2018 da regata Les Sables / Les Açores / Les Sables, com o tempo de 9 dias, 1 hora, 31 minutos e 30 segundos.

Os navegadores que se seguirão no cruzar da linha de chegada vão registar cerca de 24 horas de atraso, em grande parte resultado de opções táticas de rota diferenciadas e da entrada numa extensa zona de altas pressões, motivada pelo posicionamento do anticiclone dos Açores, que provoca agora uma quase total ausência de vento.

Esta é a sétima edição de uma regata que se iniciou em 2006, destinada a veleiros da Classe Mini 6.50 (embarcações de apenas 6,50 metros de cumprimento) e navegadores solitários, numa extensão total de 2.540 milhas náuticas, uma competição bienal, que este ano volta a fazer parte do Campeonato de França de regatas de alto mar em solitário.

A prova que está a decorrer foi caracterizada, no final da primeira semana de navegação, por condições muito adversas de vento e de mar, o que provocou, até ao momento, o abandono de nove velejadores, alguns com sérios danos nos seus iates, bem como o retardamento da chegada da frota ao arquipélago dos Açores, prevista, em força, a partir desta quinta-feira, 2 de agosto.

A Les Sables / Les Açores / Les Sables teve, à partida, 54 concorrentes – a segunda melhor participação de sempre, depois da edição de estreia, em 2006 – estando ainda 44 skippers no mar com destino à Marina da Horta, numa prova que em 2018 envolve velejadores de oito países diferentes: Alemanha, Rússia, República Checa, Suíça, Itália, Espanha, França e Bélgica.

sables acores sables francois jambou 1 2018

Horta Nautic / CNH