Festival Náutico 2018: Centenas de Locais e Estrangeiros no Caldo de Peixe evocativo de “Como tudo começou...”

Borges Silva, João Romano, José Melo e António Pereira, na confecção do Caldo de Peixe, evocativo das raízes da Semana do Mar

Uma vez mais, José Melo foi o cozinheiro responsável pelo afamado Caldo de Peixe que remonta às raízes da Semana do Mar, em 1975.

A Tenda Multiusos do Clube Naval da Horta (CNH) acolheu centenas de Locais e Estrangeiros, num ambiente festivo e de grande convívio, regado pela música de Nuno Carneiro e pela ementa especialmente preparada para esta noite de sábado, dia 4.

sm2018 caldo peixe 2

Jorge Gonçalves há muitos anos que colabora com o CNH no Caldo, confeccionado com 40 quilos de peixe, oferecido pela APEDA

José Melo confidencidou ao Gabinete de Imprensa do CNH que tinham sido preprados 40 quilos de peixe (congro, boca negra, garoupa, chicharro do alto e sargo), oferecidos pela Associação de Pescadores de Espécies Dermersais dos Açores (APEDA), cujo Presidente, Jorge Gonçalves, também colaborou na confecção do Caldo e na distribuição do mesmo.

Este ano, José Melo introduziu uma novidade na ementa e que foi o acompanhamento do Caldo com sopas (do género das do Espírito Santo), tendo, ainda, repolho, batata e cenoura, o que foi sobejamente apreciado.

O conzinheiro – nestas andanças há 7 anos, no CNH – confessa que “dá um bocadinho de trabalho”, mas revela que faz “por gosto”, dando o seu apoio na qualidade de Sócio desta “casa”, o que acontece desde 1972.

Os colaboradores são pessoas que acompanham José Melo há muitos anos na confecção das sopas do Espírito Santo. “Tenho confiança neles e eles em mim e tem corrido sempre bem”.

Uma festa multicultural

José Decq Mota, Presidente da Direcção do CNH, dirigiu uma saudação a todos os presentes: aos locais, aos que chegaram em regatas, como é o caso dos franceses vindos de Les Sables D’Olonne, e dos açorianos e continentais da 30ª edição da “Atlantis Cup - Regata da Autonomia”, aos que estão de passagem, aos que nos visitam nesta altura festiva e aos iatistas que fazem da Marina da Horta a mais visitada e conceituada a nível nacional, europeu e mundial, aos que confeccionaram o Caldo de Peixe e a todos os outros Voluntários, Sócios e Colaboradores que fazem parte da grande Família que é o CNH: o mais dinâmico dos Açores.

sm2018 caldo peixe 3

Gui Menezes, Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia; José Leonardo, Presidente da Câmara Municipal da Horta, e José Decq Mota, Presidente da Direcção do CNH

CNH elogiado pelo seu dinamismo organizativo

Convidado a proferir umas palavras, José Leonardo, Presidente da Câmara Municipal da Horta, disse que embora a Abertura Oficial da Semana do Mar só fosse uma realidade este domingo, dia 5, a verdade é que a festa já se tinha iniciado há dias.

O autarca elogiou a forma como o CNH tem, ao longo dos anos, organizado o Festival Náutico, enaltecendo o facto de esta instituição náutica ter aderido à Campanha “Lixo Zero no Mar dos Açores”, dando o exemplo de eliminar os plásticos nos convívios. E a prova disso foi a loiça de vidro usada no Caldo de Peixe e em todos os restantes convívios, contribuindo para a preservação do meio ambiente.

José Leonardo afirmou que “todos os faialenses devem ter orgulho na Semana do Mar”, a primeira e a maior festa concelhia dos Açores e, dirigindo-se em francês aos velejadores da Regata Les Sables/Les Açores/Les Sables, congratulou-se com a presença dos mesmos, desejando que façam boa viagem até casa, com a certeza de que sempre serão muito bem-vindos ao Faial.

Gui Menezes, Secretário Regional do Mar, da Ciência e da Tecnologia, felicitou o CNH por mais um ano pôr de pé o Festival Náutico, o maior do país. E recordou: “Há 43 anos que se iniciou esta festa. Eu era miúdo, mas lembro-me bem do primeiro caldo de peixe no Cais de Santa Cruz”.

O governante apreciou a adesão do CNH à campanha de não utilização de plásticos, desejando que “seja sempre assim daqui para a frente”, sendo certo que “há ainda um longo caminho a trilhar neste desiderato, que diz respeito a todos”.

sm2018 caldo peixe 4

Nuno Carneiro cantou e encantou os convivas no Caldo de Peixe do CNH

Na Galeria de Fotos podem ser vistas mais fotografias do evento.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.