Preocupações ambientais do CNH expressas em Protocolo de Cooperação com a Direcção Regional dos Assuntos do Mar

José Decq Mota representou o CNH e Filipe Porteiro, a Direcção Regional dos Assuntos do Mar

Foi assinado na tarde deste domingo, junto às instalações do Clube Naval da Horta (CNH), um Protocolo de Cooperação entre esta instituição náutica faialense e a Direcção Regional dos Assuntos do Mar (DRAM). Representando as entidades promotoras estiveram, pelo Clube Naval da Horta, o Presidente da Direcção, José Decq Mota, e pela DRAM, Filipe Porteiro, Director Regional dos Assuntos do Mar.

Esta iniciativa visou o Lançamento da Campanha “Lixo Zero no Mar dos Açores”, junto das frotas de recreio que participam na Semana do Mar 2018.

A Campanha “Lixo Zero no Mar dos Açores” é uma iniciativa transversal de envolvimento público e sectorial de sensibilização e combate ao problema do lixo marinho produzido pelas frotas que operam na Região Autónoma dos Açores e dos utilizadores das zonas costeiras e do espaço marítimo regional. Estas iniciativas lançadas em 2015, enquadram-se no Plano de Acção para o Lixo Marinho nos Açores (PALMA).

protocolo dram lixo zero 2

Duarte Araújo, Treinador de Vela do CNH; Olga Marques, Vice-Presidente da Direcção do CNH; Filipe Porteiro, Director Regional dos Assuntos do Mar; José Decq Mota, Presidente da Direcção do CNH; e Luís Costa, Vice-Presidente da Direcção do CNH: todos apostados em fazer desta Campanha uma bandeira

O Protocolo que envolve a DRAM e o CNH pretende operacionalizar a Campanha “Lixo Zero no Mar dos Açores - Semana do Mar 2018”, que conta com as seguintes actividades: afixação de autocolantes em todas as frotas que participam no Festival Náutico da Semana do Mar, incluindo nos iates da Regata Internacional “Les Sables-Horta-Les Sables, junto de todos os participantes; a colocação de uma bandeira na sede do CNH, com o logotipo da iniciativa e com os logos do Governo Regional dos Açores e do CNH; a colocação de contentores de lixo apropriados onde as tripulações depositem o lixo produzido e recolhido nas actividades de mar; a colocação de 2 ‘banners’ no espaço dedicado às entrega de prémios e convívio entre os participantes; e a utilização de material reutilizável (pratos, copos, talheres, etc), em todos os eventos organizados pelo CNH; a divulgação do projecto em regatas promovidas pelo CNH, incluindo a da participação da equipa do CNH no Campeonato de J80.

José Decq Mota sublinhou que “o CNH adere a esta Campanha com convicção de agir em relação a esta situação”. E acrescentou: “Este era um problema que nos atormentava. Por isso, este Protocolo veio ajudar a criar condições para erradicar os plásticos, pois o CNH tem preocupações ambientais. Durante este Festival Náutico já começámos a implementar esta Campanha, que é muito bem-vinda, com recurso a material não descartável. Até a comida teve mais sabor!”

O presente Protocolo vigora pelo período de 1 ano, sendo renovável, automática e sucessivamente, se nenhuma das partes o denunciar.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.