logo cnh5

Vela Ligeira: Regata da APADIF adiada

Fotografia de arquivo

A Regata de Vela Ligeira destinada a integrar as comemorações dos 25 Anos da Associação de Pais e Amigos dos Deficientes da Ilha do Faial (APADIF) – ocorridos no dia 10 do corrente – que estava marcada para este sábado, dia 24, foi adiada devido às adversas condições atmosféricas. Como tal, a Prova será realizada no próximo dia 1 de Dezembro.

Este evento é uma organização conjunta da Secção de Vela Ligeira do Clube Naval da Horta (CNH) e da APADIF.

Recorde-se que a APADIF e o CNH implementaram, em parceria, o Projecto “Vela Para Todos - Faial Sem Limites”, o qual foi instituído protocolarmente a 29 de Dezembro de 2011, visando “a inclusão de todos na prática da Vela, destruindo barreiras e preconceitos que ainda possam existir, dando o seu contributo para a construção de uma sociedade mais justa e aberta à diferença”.

logo apadif

A Associação de Pais e Amigos dos Deficientes da Ilha do Faial – Associação de direito privado sem fins lucrativos – no cumprimento dos princípios orientadores da sua acção e que passam, no essencial, pela defesa dos direitos das crianças, jovens e adultos com deficiência e pelo direito à inclusão, lançou-se à “aventura” em conjunto com o Clube Naval da Horta, “entidade de referência no desenvolvimento da Vela e do Desporto Náutico nos Açores”, apresentando um Projecto que passa, globalmente, pela criação de uma Escola de Vela para Todos, onde, entre outras, as pessoas com deficiência pudessem participar, o que continua a ser uma realidade.

“Não queremos uma Escola exclusiva para pessoas com deficiência nem uma Escola de Vela só para pessoas ditas normais. Queremos construir algo de novo e inovador que permita o acesso a todas as pessoas, independentemente do tipo de deficiência, idade, sexo, raça ou religião, na defesa do direito à diferença e igualdade de oportunidades”, refere o texto do Protocolo.

“A Vela como actividade física é um desporto com características muito próprias que desenvolve capacidades variadas, transmitindo ao praticante confiança e autonomia suficiente para ultrapassar situações difíceis que possam surgir no dia-a-dia, favorecendo a auto-estima e a valorização pessoal dos desportistas”.

De salientar que o Clube Naval da Horta continua a ser o único nos Açores que desenvolve e promove este tipo de Projecto, contando com velejadores da Classe Hansa, que participam em competições nacionais. Nesse sentido, é de destacar que o velejador Rui Dowling se sagrou Campeão Nacional no ano de 2016, tendo sido distinguido precisamente por esse facto, e que outros colegas desportistas têm alcançado excelentes desempenhos tanto no Faial como em Portugal continental, o que, por si só, revela a integração conseguida e a evolução permanente.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.