“Conhecer os Nossos Atletas” - Manuel João: “A Vela permite estar mais próximo do mar”

Tem apenas 10 anos mas a maneira como fala parece ser de alguém mais adulto. É com naturalidade que reage à abordagem feita para conversar um pouco sobre a Vela Ligeira, que pratica há 5 anos no Clube Naval da Horta (CNH), tendo apenas interrompido durante o período em que morou no Porto.

Foram as ligações familiares que o fizeram experimentar este desporto. “A minha família está toda ligada à Vela. O meu pai teve sempre um barco e pratica e o meu irmão (David) também. Costumávamos dar uma volta e quando eu tive idade suficiente para entrar na Vela, entrei e estou a gostar”.

Além da Vela, Manuel também anda no Andebol, no Ténis e no Conservatório, onde aprende a tocar guitarra. Por isso, confessa, “é difícil ter tempo para tudo!” “No Andebol entrei em 2017 e no Ténis no início deste ano”, revela, explicando que a guitarra é um amor de há 5 anos e que continuou na Escola de Música mesmo durante o tempo em que residiu no Porto. “O meu irmão também anda no Conservatório (toca piano) e entre as várias possibilidades que tinha, escolhi a guitarra. E também gosto, embora não tenha nada a ver com a Vela”.

vela ligeira manuel joao 14 2018

“Não foi fácil aprender mas consegui e hoje já vou bem”

“Vir para a Vela foi algo natural”

“Gosto de fazer Vela, porque permite estar mais próximo do mar. Se estiver pouco vento sinto que estou ali sem conseguir andar mas se houver algum vento sei que tarda nada vou revirar. E isso faz parte. Nunca revirei sem estar a contar com isso, por isso não sei como iria reagir se acontecesse de surpresa.

De Verão, quando está pouco vento, por vezes fazemos batalhas de água, na brincadeira, mas sempre em segurança.

Actualmente, a Mariana (Luís) é a Monitora. Anteriormente era o Edmar e ainda antes era a Susana. Gosto da Mariana. Ela sabe ensinar.

Numa altura em que eu ainda não tinha idade, nas férias de Verão quando o meu irmão estava a andar eu às vezes ia num semi-rígido e observava. Por isso, vir para a Vela foi algo natural. Não foi fácil aprender mas consegui e hoje já vou bem.

vela ligeira manuel joao 6 2018

“Gosto da Mariana. Ela sabe ensinar”

Embora ainda não faça provas, já experimentámos algumas coisas na Regata da Associação de Pais e Amigos dos Deficientes da Ilha do Faial (APADIF) e na do Natal, o que dá para irmos aprendendo.

Fiz novos amigos na Vela e também tenho no Clube alguns colegas de Escola.

Gosto de vir para o CNH, porque estamos mesmo aqui junto ao mar e sempre que venho é para fazer alguma coisa relacionada com o mar.

Quando eu tinha aulas de manhã não me apetecia vestir o fato, porque estava quase sempre molhado mas mesmo assim vinha. A parte mais dificil era mesmo vestir o fato. Depois disso, chegava ao Clube e já estava bem”.

Além dos colegas da Secção da Vela, Manuel também conhece outras pessoas do Clube Naval da Horta, atletas, treinadores e até o Presidente, achando-o “simpático”. 

vela ligeira manuel joao 19 2018

“Temos poucas seguranças e então quando está muita gente, usamos cabinhos grossos com que amarramos as velas”

O nosso velejador garante que “a Vela é para continuar sempre” mas queixa-se de que “há pouco material para tanta gente”. “Temos poucas seguranças que são usadas para segurar a vela para quando reviramos ela não cair ao mar. E então quando está muita gente, usamos cabinhos (cabos) grossos com que amarramos a vela. Sabemos que para comprar estas e outras coisas é preciso haver dinheiro”.

vela ligeira manuel joao 1 2018

A parte mais dificil era mesmo vestir o fato. Depois disso, chegava ao Clube e já estava bem”

Manuel João frequenta o 5º ano de escolaridade e quando tem tempo vê televisão e dedica-se aos jogos no computador. Os domingos de manhã são passados na Catequese, pelo que a sua agenda semanal está bem preenchida.

Este Balança de signo não sabe indicar o prato preferido pelo facto de ter vários de que gosta “muito” mas não tem dúvidas em afirmar que é guloso.

Manuel: foi muito bom conversar com alguém como tu, que emana sinceridade e muita tranquilidade. Continua a fazer o que gostas e a ter essa postura de pessoa responsável, que sabe o que diz e que sente o que faz.

vela ligeira manuel joao 5 2018

“Quero continuar sempre na Vela”

Mais momentos desta conversa podem ser vistos na Galeria de Fotos.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.