Agravamento das condições de mar

A Capitania do Porto de Santa Cruz das Flores e a Capitania do Porto da Horta chamam a atenção para a possibilidade de agravamento das condições de mar no Grupo Ocidental e nas Ilhas do Triângulo.

No Grupo Ocidental a agitação marítima de oés-noroeste pode atingir valores superiores a 4,0 metros de altura significativa durante a madrugada do dia 19 de abril, aumentando e aproximando-se dos 6,0 metros de altura significativa ao longo do dia.

Nas Ilhas do Triângulo, a agitação marítima, também de oés-noroeste, pode atingir valores de 4,0 metros de altura significativa durante a tarde do dia 19 de abril, conhecendo também um agravamento ao longo do dia.

É possível que a agitação marítima apenas venha a conhecer valores de altura significativa inferiores a 4,0 metros na tarde do dia 20 de abril. A comunidade marítima deve adotar medidas de precaução e proteção, evitando as áreas de maior exposição à ondulação, verificando e reforçando a amarração, ou preferencialmente varando em lugar seguro as suas embarcações.

A população em geral não deve frequentar as zonas costeiras, em especial as expostas à agitação marítima.

Quando na proximidade da orla marítima, deverá manter-se uma atitude de permanente vigilância e ter sempre presente que, nestas condições extremas, o mar pode facilmente alcançar zonas aparentemente seguras.