logo cnh5

Assembleia Geral do CNH aprova Relatórios De Actividade e Contas e inicia processo eleitoral

Reuniu no dia 25/2, no Salão Bar, a Assembleia Geral do Clube Naval da Horta, com uma muito relevante participação de Sócios.

Foi aprovado por unanimidade o Relatório e Contas de 2019 e foi também aprovado por unanimidade o Relatório Intercalar e Contas Provisórias de 2020, contas essas que serão analisadas em Assembleia Geral própria depois de estarem integralmente fechadas.

O Presidente da Mesa da Assembleia Geral, Luís Decq Mota, abriu o ponto referente às eleições para os Órgãos Sociais informando que não tinham entrado Listas de Candidatos. Abriu de seguida um debate, muito participado, no qual foram analisadas as formas de solucionar a questão da ausência de candidaturas.

No quadro desse debate, o Presidente da Direcção cessante avançou com a proposta de ser indigitado pela Assembleia Geral como Presidente da Direcção o Sócio Lúcio Rodrigues. Fundamentou essa proposta com o facto de Lúcio Rodrigues ter uma sólida ligação ao Clube, ter uma vasta experiência de trabalho de direção a vários níveis, ser um “homem do desporto” com a compreensão plena da importância dos desportos náuticos e ser um cidadão muito consciente da importância do Clube Naval da Horta no Faial, nos Açores e no País. Obtida a concordância do visado pela proposta, a mesma foi posta à votação, tendo sido aprovada por unanimidade e aclamação.

Feita esta indigitação a Assembleia Geral decidiu interromper os trabalhos que continuarão no próximo dia 18/3 para apresentação e votação da Lista que será apresentada pelo Presidente Indigitado Lúcio Rodrigues.

No início desta Assembleia Geral a Mesa abriu um Período Antes da Ordem do Dia no qual foram apresentados Votos de Pesar pelo recente falecimento de Vítor Azevedo, antigo Presidente da Direcção no mandato 80/82, e de João Cláudio Costa, membro da Direcção entre 87 e 89.

Mais momentos desta Assembleia Geral na Galeria de Imagens.