PASSAPORTE DO MAR

 

No âmbito das comemorações do Dia Nacional do Mar, a Estrutura de Missão para os Assuntos do Mar (EMAM) lançou uma iniciativa que visa fomentar e consolidar a cidadania marítima da população portuguesa: o PASSAPORTE DO MAR.


O PASSAPORTE DO MAR, de formato e aparência semelhantes a um passaporte comum, dará acesso a instituições protocoladas, públicas e privadas, de âmbito local e nacional, directamente ligadas ao património natural e cultural marítimo português. Entre estas instituições incluem-se museus e centros de conhecimento, faróis, reservas, parques e monumentos naturais.


O PASSAPORTE DO MAR será distribuído após registo a realizar no site da EMAM, permitindo aos seus titulares obter entradas a preços reduzidos ao longo do ano, e visitar gratuitamente as instituições aderentes num dos dias comemorativos do Mar: no Dia Nacional do Mar, a 16 de Novembro; no Dia Europeu do Mar, a 20 de Maio; no Dia Mundial dos Oceanos, a 8 de Junho, ou no Dia Mundial do Mar, a 29 de Setembro de 2011 e a 27 de Setembro de 2012, para além de outras datas consideradas relevantes. O documento terá validade de dois anos.  A distribuição está limitada ao número de Passaportes disponíveis (Edição 2011: 10 000 exemplares).


Cada visita realizada às instituições aderentes corresponderá à colocação de um selo distintivo das mesmas no PASSAPORTE da/o “cidadã/o do Mar”.


Esta iniciativa pretende suscitar nos cidadãos o interesse pelo Mar e promover o conhecimento da realidade marítima portuguesa em diversos domínios, dando visibilidade às instituições vocacionadas para o Mar e contribuindo, deste modo, para a valorização e dinamização do património marítimo nacional.

 

Fonte e mais informações no site da EMAM