logo cnh5

Frota Atlantis Cup 2021 já navega pelo Grupo Central

Primeira perna da Regata da Autonomia liga Angra do Heroísmo à Praia da Graciosa

A 32ª edição da Atlantis Cup - Regata da Autonomia, teve início na ilha Terceira, com a frota a largar de Angra do Heroísmo.

Depois de rodarem a boia de desmarque montada à entrada do Porto das Pipas, os veleiros que compõem a frota da Atlantis Cup, rumaram à Graciosa, envergando a maioria o balão (spi), aproveitando o vento favorável.

A largada contou com vento a soprar de norte, com intensidade inferior a 9 nós.

A primeira perna da Atlantis Cup 2021 liga Angra do Heroísmo (Terceira) à Praia da Graciosa (Graciosa), com um extensão de 62 milhas náuticas.

No dia 29 de julho, a frota largará da Graciosa rumo a São Jorge, depois de um dia de descanso.

"A 32ª edição da Atlantis cup tem 18 inscrições. Para nós que organizamos a regata a curto prazo, é importante, porque nos dá "bagagem" para no próximo ano organizarmos uma Atlantis Cup com ainda mais força. Esse é o nosso objetivo", explica Frederico Soares, vice-presidente do Clube Naval da Horta (CNH).

ac2021 frederico soares cnh 1 2021

Depois de um ano de paragem, devido à pandemia Covid-19, a Atlantis Cup regressa com uma frota a rondar as duas dezenas de veleiros.

No conjunto das três pernas, as tripulação da Atlantis Cup navegarão aproximadamente 160 milhas náuticas.

Organizada pelo Clube Naval da Horta (CNH), a Atlantis Cup - Regata da Autonomia 2021, conta com o Alto Patrocinio da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.

Fique a par dos resultados da prova nesta ligação.